google-site-verification=0bsw2szmxT9_MZsRCIYf8HWmtUyyQzNkBOSN9lE3GE0

Com marca própria de lubrificantes, Teclub ganha mercado e bate
metas

 

Veículo: Revista Amanhã | Data: 18.09.2020 | Tamanho: Wide

[ Link original ]

A paranaense Teclub, fabricante dos lubrificantes
automotivos e industriais Maxon Oil, bateu 105% da meta
de faturamento durante a pandemia da Covid-19. Com isso,
projeta encerrar 2020 com um resultado superior a R$ 100
milhões. A marca aumentou a participação num mercado
dominado por grandes companhias, tornando-se a sexta
mais vendida no Sul e a 14ª no país.

A jornada da Teclub supera largamente a curva de
crescimento registrada nos últimos 12 meses pelo mercado
de lubrificantes, que avançou 6%, assim como o
desempenho dos pequenos produtores, que segundo a
Agência Nacional de Petróleo (ANP) correspondiam a 24%
do setor em 2019.

Para a empresa, o sucesso vem da aposta na tecnologia
embarcada e, principalmente, em apresentar um produto
de alta qualidade aliado a custo extremamente competitivo
quando comparado com as marcas tradicionais. “Estamos
conquistando espaço por nos posicionarmos como uma
marca parceira, com excelente custo-benefício. Não
disputamos espaço por meio de altos investimentos em
mídia, como fazem as gigantes. Focamos em entender a
real necessidade do consumidor e em mostrar a ele que
trabalhamos com responsabilidade, profissionalismo e
bom preço, o que resulta na fidelização”, afirma Edson Reis,
CEO da Teclub-Maxon Oil.

Instalada na Região Metropolitana de Curitiba, a
companhia produz 100 mil litros ao dia, expedindo mais de
1,5 milhão de litros mensalmente. A empresa mantém
escritórios de representação em todos os estados e no
Distrito Federal e, a partir de 2021, pretende iniciar a
expansão internacional, começando pela América Latina.

Atenção ao cliente final

A chancela do mercado para a Teclub-Maxon Oil veio após
uma reestruturação de todos os setores da empresa,
principalmente do parque industrial. O principal
investimento foi no Centro de Tecnologia & Qualidade
Maxon Oil, com fornecedores homologados pela SAE
(Society of Automotive Engineers), pela API (Association
des Constructeurs Européens de l´Automobile) e pela Jaso
(Japanese Automobile Standarts Organization), instituições
mundialmente reconhecidas e que padronizam as
classificações do desempenho dos lubrificantes.

“Fazemos um trabalho direto nas distribuidoras,
autopeças, centros automotivos, concessionárias, oficinas,
nos postos de serviços, conversando com os frentistas e,
sempre que possível, com o cliente final. Levamos nosso
pessoal até estes locais para mostrar o que é o Maxon Oil e
suas vantagens reais. Isto modifica toda a percepção sobre
os nossos produtos, tendo em vista que num passado
recente qualquer óleo que não viesse de uma grande
companhia era considerado ‘segunda linha’ e danoso para
o veículo”, explica Edson, que está à frente de uma
diretoria profissionalizada que modernizou a estrutura da
empresa familiar a partir de 2012.